Conheça a equipe

Produção

Anne Carolina

Coordenadora: Carolina Souza é advogada, bacharela em Literatura Brasileira e escritora. Como mulher cis lésbica, dedica seus dias à luta contra o preconceito a pessoas LGBTQIA+, buscando ações que deem voz àqueles que muitas vezes são silenciados pela sociedade.

Helena Pawlow

Produtora: Helena Pawlow, mulher cis hétero. Graduada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo pelo UNI-BH. Além de repórter e assessora de imprensa, é produtora cultural e já atuou como gerente de marketing em diversos segmentos.

Ligia Pawlow

Designer e Web-designer: Ligia Pawlow, mulher cis lésbica. Graduada em Design Gráfico (UNA), cursou pós-graduação em Processos Criativos pela PUC Minas, e, atualmente, é estudante de Sistemas para Internet (Unicesumar).

Juri

Sarug Ribeiro

Profa. Dra. Sarug Dagir Ribeiro, mulher transsexual. Doutora em Psicologia pela UFMG, Mestra em Letras pelo Pós-Lit / UFMG / Estudos Literários. Professora Adjunta do curso de Psicologia da UFT.

Cris Dulce

Cristina Dulce (Mainuí), mulher cis lésbica assexuada: uma buscadora de si que ao longo de suas andanças graduou-se em Letras, teceu-se  Mestre na Linha de Pesquisa Literatura, História e Memória Cultural (LHMC) na UFMG. Além de atuar como professora e tradutora, Dulce Mainuí é a contadora de histórias alinhavando o fazer-se da alma. Um corpo de aula em formação na Pedagogia Griô. Uma sala de estar e seguir dos encantados.

André Leão

André Leão, homem cis gay:  formado em Letras pela UFMG, mestre e, atualmente, doutorando em Literatura Brasileira pela mesma instituição. É professor de Língua Portuguesa, Literatura e Cultura no CEFETMG. 

Revisão

Diogo da Costa Rufatto nasceu em Passo Fundo, Rio Grande do Sul, no ano da queda do Muro de Berlim. É graduado em Letras pela Universidade de Passo Fundo, pós-graduado em Tradução do Inglês pela Universidade Estácio de Sá e em Escrita Criativa pela PUC-Minas. Sentindo-se um gaúcho não gaúcho, mudou-se para Belo Horizonte, Minas Gerais, e foi chamado de escritor mineiro não mineiro. Nesse espaço identitário, também cabem as profissões de revisor, tradutor e intérprete. Publicou o livro de poesia Do pó (2016) e sua sátira Do pau (2017) pelo selo Leme da editora Impressões de Minas, O livro fúcsia – da linguagem tripartida (contos, 2017) e Exercícios de ser e não ser (poesia, 2019) pela editora Urutau.

Skip to content